©

Não é mais tarde, porem n preciso fazer sentido msm. Boa tarde :3

Rééééloou 😆

eastcoastalvibes:

daeneryus:

"i understand women have it bad but men have it bad too"

image

"i mean, women are almost equal to men as it is"

image

"i’m not a feminist, i believe in equality"

image

It’s perfect

Mas as coisas vão acontecendo… as pessoas se vão, ou deixam de nos amar, ou não nos entendem, ou nós não as entendemos… E nós perdemos, erramos, magoamos uns aos outros. E o navio começa a rachar em determinados lugares. E então, quando o navio racha, o final é inevitável. (…) Mas ainda há um momento entre o momento em que as rachaduras começam a se abrir e o momento em que nós rompemos por completo. E é nesse intervalo que conseguimos enxergar uns aos outros.
Cidades de Papel. (via ofuscador)
Escrevo isso e choro. Porque quero tanto e não quero tanto. Porque se acabar morro. Porque se não acabar morro. Porque sempre levo um susto quando te vejo e me pergunto como é que fiquei todos esses anos sem te ver. Porque você me entedia e dai eu desvio o rosto um segundo e já não aguento de saudade. E descubro que não é tédio mas sim cansaço porque amar é uma maratona no sol e sem água. E ainda assim, é a única sombra e água fresca que existe. Mas e se no primeiro passo eu me quebrar inteira? E se eu forçar e acabar pra sempre sem conseguir andar de novo? Eu tenho medo que você seja um caminhão de luz que me esmague e me cegue na frente de todo mundo. Eu tenho medo de ser um saquinho frágil de bolinhas de gude e de você me abrir. E minhas bolhinhas correrem cada uma para um canto do mundo. E entrarem pelas valetas do universo. E eu nunca mais conseguir me juntar do jeito que sou agora. Eu tenho medo de você abrir o espartilho superficial que aperto todos os dias para me manter ereta, firme e irônica. Minha angústia particular que me faz parecer segura. Eu tenho medo de você melhorar minha vida de um jeito que eu nunca mais possa me ajeitar, confortável, em minhas reclamações. Eu tenho medo da minha cabeça rolar, dos meus braços se desprenderem, do meu estômago sair pelos olhos. Eu tenho medo de deixar de ser filha, de deixar de ser amiga, de deixar de ser menina, de deixar de ser estranha, de deixar de ser sozinha, de deixar de ser triste, de deixar de ser cínica. Eu tenho muito medo de deixar de ser.
Tati Bernardi.    (via florejaste)

the-goddamazon:

thecutestofthecute:

There is no such thing as a bad dog. Only bad people.

<3333

the-goddamazon:

aztec-dreams:

rosy / glam blog, follow back similars, just ask! <3

I NEED THIS SHIRT SO BAD.

funny-pictures-uk:

Best business card ever.

Só o amor perdoa.
Tim Maia.  (via ofuscador)
I don’t really know what to do now.
(35/365)

doingitdisneystyle:

oh-hai-its-lily:

rollad20andkissme:

madithefreckled:

I actually just looked this up and found out some interesting things.

Young MacGuffin speaks in a North East Doric dialect which obviously is hard to understand. Originally he was going to just speak gibberish but his voice actor, Kevin McKidd, suggested he try a few lines in Doric and Pixar loved it and kept it. Found a couple translations too, but only one of them applies to this gif set and that’s the third one after Merida gave her speech about letting them choose who they marry:

It’s just not fair making us fight for the hand of a girl who doesn’t want anything to do with it. You know?

OH MY GOD

this changes everything

ALL of the things.

radicalreaper:

holy mother of god